MAPA DO SITE BUSCA
 
 
 

Os artigos publicados no O Estado de S. Paulo
Depois de publicar no Estado de S. Paulo, em 14 de março de 1897 o artigo intitulado "A Nossa Vendéia", Euclides da Cunha foi designado como correspondente desse periódico no sertão baiano.

Relação dos artigos enviados pelo escritor e publicados no Estado de S. Paulo, no período de julho a outubro de 1897:

27 de Setembro de 1897 (Publicado em 20 de outubro de 1897)
 

7 e 1/2 horas da manhã. - A fuzilaria cessou apenas à 5 horas. Durou a noite inteira. Acossado pela sede o inimigo abandonou por dezoito vezes os redutos, atacando as linhas, na direção das cacimbas abertas no leito do rio. Foram sempre rudemente repelidos embatendo de encontro a seis batalhões, o 34º, 38º, 25º, 37º de infantaria e os corpos policiais dos estados. Foram dezoito combates violentos e rápidos, alguns durando apenas dez minutos e extinguindo-se lentamente, diferencidos em tiros destacados, terminando bruscamente outros - descendo sem transição o silêncio da noite estrelada sobre os últimos ecos dos estampidos.

E o adversário atrevido conseguiu em parte realizar o intento que o levara ao ataque: alguns mais audaciosos desceram ao leito do rio, desafiando a morte, caindo pelas barrancas, batidos pelas trincheiras, alvejados à queima roupa quase - rápidos e ágeis e terriveis - enchendo as vasilhas e voltando prontamente, galgando velozmente a barranca, perdendo-se entre os escombros da igreja nova...

Presenciei de longe as evoluções de um desses seres fantásticos, agitando-se, meio afogado na noite, indistinto como um duende, Alguns não voltaram - lá estão, de bruços, à borda das cacimbas...

Com a temperatura máxima de 33º à sombra destes dias, deve ser crudelíssimo o martírio dessa gente indomável e custa a compreender a energia soberana que os alevanta por tal modo acima das imposições mais rudes da matéria. E lutam por um líquido altamente suspeito e envenenado quase - por uma água contaminada pelos detritos orgânicos de cadaveres que jazeram largo tempo sobre o leito do rio; uma água pesada e salobra que não extingue a sede e em cujo sabor repugnante se presente a ação tóxica das fomainas e fosfatos dos organismos decompostos.

O general Arthur Oscar, restabelecido agora de ligeira enfermidade, acaba de mostrar-me alguns tipos de balas caídas nos tiroteios da noite. São de aço, semelhantes as das Mannlicher, algumas, outras complemente desconhecidas. São inegavelmente projéteis de armas modernas que não possuímos.

Como as possuem os jagunços?

Estou aqui há quinze dias e há quinze dias que, quase sem interrupção, os fanáticos replicam vigorosamente, em tiroteios cerrados, a qualquer ataque; repilo de todo a ideia de que se utilisem ainda das munições tomadas às expedições anteriores. Sou levado a acreditar que tem raízes mais fundas esta conflagração lamentável dos sertões.

Canudos já patenteia o aspecto entristecedor de uma cidade em ruínas: surgem restos de cumieiras carbonisadas, despontam traves e esteios fumegantes ainda, inclinam-se desaprumadas, amparadas, umas em outras paredes esburacadas e o acervo incoerente das coberturas de argila, desabadas, surge por toda a parte, desolador. Há dois dias que lavra em seu seio o incêndio - em fogo lento, lembrando atividade latente dos fornos catalães, fogo sem chamas, progredindo através dos obstáculos derivados da argila, que é o material predominante das casas, mas lavrando sempre - surdamente desapiedadamente, lançando sobre o arraial maldito a fumarada intensa como uma mortalha enorme.

As nossas forças marcham através das ruas tortuosas e estreitas da povoação, quase toda conquistada casa por casa e vão impelindo, para a igreja nova e santuário a população inteira.

9 horas da noite. - Com relativa comodidade escrevo na mesa da farmácia anexa ao hospital militar. Em frente alevantam-se barrações repletos de feridos e doentes e cheios de lamentos mal abafados, de dores cruciantes. Sobre a cobertura de couro do casebre em que me acolho passam, sibilando, as balas.

Já me vou afeiçoando a esta orquestra estranha. Não há um único ponto do acampamento em que ela não se faça ouvir; um único ponto em que não caiam os projétis constantemente arremessados pelo inimigo. No próprio hospital militar eles têm ido procurar os feridos e doentes, cortando rapidamente a vida de moribundos. O digno dr. Curio, diretor daquele hospital, despertou hoje pela madrugada sentindo violenta pancada na cabeça.

Uma bala atravessara a tela da barraca, perpassando pela fronte do distinto médico. Devia demorar-me algum tempo em referência especial ao dr. Curio, um homem que tem revelado dedicação exemplar pelo dever e que liga às funções de médico os atributos notáveis de uma alma profundamente religiosa. Jamais esquecerei a oração fúnebre solenemente entoada por ele no momento em que expirava, a uma agonia tristíssima, o alferes do 24º Simões pontes, mortalmente ferido no dia 24. Destino, porém, a outras páginas, o estudo psicológico da campanha - incompatível com a rapidez destas notas. Além disto conheço que não poderei prolongar-me mais hoje. Acaba de recrudescer o tiroteio e o assobio das balas rescoa sobre todos nós lembrando uma ventania furiosa.

Não teremos outra noite.

 
Home Topo Voltar
 
Copyright 2007 Academia Brasileira de Letras. Todos os direitos reservados.